Pubblicato il

A tentação, o caminho para vencer o inimigo

Jesus apresenta como o Demônio tenta a nossa alma e nos indica o caminho da vitória sobre ele.

Pe. Aerton Sales da Cunha

15 junho de 1943

Diz Jesus:

«Que o demônio procure perturbar-te, é óbvio. Não podendo mais fazê-lo sobre a carne, tenta perturbar o teu espírito. Ele faz o que é sua ocupação. Tenta depreciar as almas, assustá-las, fazê-las duvidar. Normalmente procura fazê-las pecar para tirá-las de Mim. Quando não consegue, porque a alma é vigilante e a insídia não entra, então procura assustá-la e pondo pensamentos aparentemente bons, que na verdade são nocivos.

Olhe, Maria (Valtorta). Entre o pensamento: “Eu ficarei santa” e “É impossível que eu me torne santa”, a mais perigosa e a mais contrária a Mim é a segunda. A primeira não é ato de soberba, se é apoiada pelos esforços da vontade de conseguir a santidade.

Eu disse: “Sêde perfeitos como o meu Pai”. Dizendo isso, não vos dei uma simples exortação, mas vos dei uma doce ordem, dando-vos a medida da perfeição: aquela de Deus, o mais que Perfeito, porque Eu vos quero perfeitos, para vos ter ao meu redor na eternidade.

A alma deve ter, então, por fim, a santidade, dizer a si mesma: “Quero ficar santa”, sem hesitação e fraqueza. Se reconhece fraca? Mas, ainda mais que você, Eu sei que é fraca, contudo vos disse: “Sêde perfeitos”, porque Eu sei que, se o queres, com a minha ajuda, podereis ser perfeitos, portanto, santos.

Isso o diabo não quer. Ele bem sabe, porque muito inteligente, que quando uma alma dá o primeiro passo no percurso da santidade, tendo saboreado o primeiro pedaço, cujo sabor é indescritível, fica com saudade da santidade, para ele essa alma está perdida. Eis que então, procura pensamentos de falsa modéstia e desconfiança: “Não é possível que eu mereça o Paraíso. Por mais que Deus seja bom, é isso isso é possível?

Que me possa perdoar, ajudar? É possível que eu, também com a sua ajuda, possa contentá-lo? Eu não sou bom em nada”.

Ou também profetisa suas insinuações: “Mas você acha que pode ficar santa? O que estás a arriscar, sentir e ver, são ilusões de mente perturbada. É a sua soberba que a leva a pensar. Você santa? Mas se esqueceu disso …., dessa outra …, dessas ainda? Não te lembras o que disse o Senhor? Pensando assim você comete novo pecado, o mesmo que o  meu. Pensas ser semelhante a Deus…”.

Deixe-o soprar. Não merece resposta. O que estás a sentir vem de Deus, o que pensas é o meu desejo que se repercute em ti. Portanto é coisa santa. Já a disse qual é a minha marca: é a paz. Quando sentes paz é sinal que é coisa de Deus. Continue sem dúvida, Eu estou contigo.

Quando o nosso Inimigo tenta dar-te incômodo demais, digas: “Ave-Maria, Mãe de Jesus, recorro em ti”. O demônio têm mais repulsa do nome de Maria, que do meu Nome e da minha Cruz. Não consegue, mas procura prejudicar-Me mediante os meus fiéis de mil maneiras. Só o eco do nome de Maria o faz correr.

Se o mundo soubesse invocar Maria, estaria salvo.

Por isso, invocar os nossos dois Nomes juntos é coisa poderosa para fazer cair, quebradas, as armas que Satanás lança contra um coração que é meu. Sozinhas, as almas são nada, só fraqueza. No entanto, a alma na graça, não está sozinha, está comigo, com Deus.

Portanto, quando ele te perturba com pensamentos de falsa modéstia ou temor, deves sempre pensar: “Não sou eu que penso ser santa, mas é Jesus que quer que o seja. Somos nós: Jesus e eu, Deus e eu, que queremos que isso aconteça para a sua glória”.

Eu não tenho dito: “Quando dois estão juntos, reunidos a rezar, o Pai concederá seus pedidos”? Mas o que será quando um dos dois é o mesmo Jesus? Então o Pai dará a graça com medida plena e abundante. Porque o Filho é poderoso no Pai e todas as coisas são feitas em nome do Filho»[1].


Note

[1] Maria Valtorta, I Quaderni del 1943, 15 giugno, CEV isola del Liri (Italia) – 1985, p. 170-171. Tradução do italiano para o portoguês do Brasil por Mario Calabrò.

Lascia un commento

Questo sito usa Akismet per ridurre lo spam. Scopri come i tuoi dati vengono elaborati.